Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]



As cartas para ninguém.

por Alice, em 08.10.10

Tenho em casa um baú especial. Tem as cartas que vou escrevendo aos amigos, à família, aos namorados e ex-namorados,  que nunca chegaram a ser entregues e nunca irão ser. São desabafos e declarações que me esvaziam a alma das alegrias e da tristeza do momento e que depois de seladas e guardadas ficam ali como testemunho de uma vida, a minha vida. 

A par dos  meus diários, são o que mais tenho de mais valioso. Nunca tive coragem para reler o que lá está. O passado deve manter-se lá fechado, tendo só no presente, vivas aquelas memórias que não saem da cabeça nem com a força do tempo.  E tenho medo que um dia, quando morrer, aquilo seja descoberto e seja lido. Mas não há muito a fazer quanto a isto...

Autoria e outros dados (tags, etc)


Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2012
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2011
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2010
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2009
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2008
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D